12 de dez de 2013

Dizer adeus as pessoas que se ama, também é necessário

Não sou uma má pessoa, muito pelo contrario, sou boa até demais quando se refere a amar as pessoas. Mas com certeza não é bem isso que as pessoas que deixei para trás está pensando de mim agora..mas eu precisava, entende ? eu precisava de libertação. Conheci eles há um bom tempo, eu os amava muito, até mais do que eu mesmo posso imaginar, Me apeguei mais do que devia, mas quem escolhe a quem vai se apegar, ou muito menos amar, simplesmente acontece, mas cheguei ao ponto de não aguentar mais conviver com elas, já me magoei demais, e eu nunca fui boa nesse lance de perdoar, mas eu passava por cima desse sentimento só para não vê-las indo embora, até eu me assustava com isso, mas meu coração foi ficando doente com tanta  tristeza , podia ser que eles não faziam por mal, mas e daí meu coração não ligava para isso, e se machucava. Fim de ano chegando decidi começar tudo de novo, disse até logo .. mas esse até logo na verdade era um adeus, não aguentaria me despedir de verdade, há coraçãozinho fraco esse meu, não aguentaria vê-los tristes, não sei se eles ficariam, mas gosto de acreditar que sim. Fui embora, mas, também não me procuraram para saber o porque disso, talvez é porque nunca fui importante como eles são para mim, talvez eu não faça falta como eles já fazem para mim. Mas é desse jeito, temos que fazer sacrifícios enormes em busca da felicidade, eu ainda não encontrei essa tal de felicidade, estou a procura e já dei o primeiro passo, é muito difícil, digamos que é uma tortura psicológica, mas eu sei que é o mais apropriado a se fazer, é para o meu próprio bem, fui embora não por ser " falsa ou sem coração " é porque eu cansei .. cansei de chorar, de me decepcionar e de sempre me machucar pelas mesmas pessoas, cansei de perdoar, eles não merecem tanto perdão assim, eles brincaram comigo, mas nem por isso deixei de ama-los, mas a partir de agora, vou me amar um pouquinho mais, eu sei que vou conhecer pessoas novas .. ou não, mas assim que é a vida, nascemos sozinhos, morremos sozinhos e aprenderemos a viver sozinhos também, e assim vai ser até que tudo enfim acabe.

Um comentário:

  1. Gostei muito do seu desabafo - se assim posso denominar - e até mesmo me identifiquei. Contudo ainda existem certos errinhos na gramatica e ortografia, mas quanto a isso tudo bem. Você pega a prática com o tempo HUEHEUE.
    Summer

    ResponderExcluir